Nos meus quase 30 anos senti a necessidade de criar um espaço onde tentarei apenas comunicar, e sorrir. Aqui está ele!

04
Set 08

E é assim, lá foi o filho para mais uns dias passados no campo, na companhia dos primos de idades semelhantes.

 

Aproveito para ir ao cinema, ir jantar fora, e por fim, adormecer cansada.

 

Escolho um novo restaurante japones no odivelas parque, com serviço buffet e qualidade superior ao Hong Sha Long, restaurante japones com os tapetes rolantes, tambem no odivelas parque. Não faço ideia do nome, apenas foi-me recomendado pelo meu colega mal cheiroso**. daí, por ter sido ele, tenho algumas duvidas.

 

Estou decidida a ir, ainda assim sugeri ao josé* que fossemos juntos. resmungou qq coisa que não ouvi, mas que penso referir-se ao facto de ainda na segunda feira termos ido jantar fora(foi ao vegetariano buffet - o Terra)

 

Ainda assim já convidei duas amigas que adoram japones e costumam acompanhar-me ao osaka. tambem elas nao me deram resposta.

 

O filme... vejo mais logo, mas depois de uma pausa de 2 semanas sem cinema, deva haver algum que eu nao tenha visto e me interesse pelo menos um pouco.

 

agora vou mas é ao trabalho!

 

beijinhos

 

 

 

 

* Aproveito para apresentar: o José é o meu meio namorado, meio marido. Alguns tios insistem em chamar-lhe marido, e eu uso a aliança ora na mão direita, ora na mão esquerda. mas nao me sinto nem quero estar casada. apenas a aliança é enorme, maior que uma de casamento, e andam sempre a perguntar-me se a aliança nao está na mão errada. eu lá vou dizendo que não, era apenas aliança de namoro, pelo que ouvi exclamações do tipo: que exagero e tal.  e depois farto-me e passo-a para a esquerda. Hum,... ha tambem outra coisa, detesto a ideia de ter a marca da aliança queimada pelo sol...

Portanto o José é o meu namorado, conhecemo-nos em março de 2007, estava tudo a correr bem, até o colega com qm ele partilhava o apartamento ter-se mudado para o Porto(em agosto). Então, enquanto ele dizia que ia procurar um quarto para  morar, e nunca o procurou, eu na minha inocencia, disse-lhe que ele podia ficar em minha casa, de forma provisoria. se nos entendessemos, teriamos de mudar de casa. ora bem, há coisas que nos arrependemos, e esta é, sem duvida, uma delas! sinto que fui manipulada de forma subtil. ou entao nao, fui mesmo é estupida. o futuro o dirá. enquando diz e nao diz, sorrio :-)

 

** colega mal cheiroso - este apresento depois

 

 

publicado por r__casimiro às 14:46
tags:

Setembro 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
13

14
15
16
18
20

21
22
23
25
26
27

28
30


arquivos
Contador de Visitas
mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO