Nos meus quase 30 anos senti a necessidade de criar um espaço onde tentarei apenas comunicar, e sorrir. Aqui está ele!

14
Jan 09

 - Com a idade ficamos mais cautelosos. (Nada de boleias a estranhos).

 - Sair da toca até é divertido, que se lixe o homebanking, e as compras na fnac.pt e continente.pt, o que é preciso é ver gente, assistir, e não deixar a vida passar-nos ao lado, em frente ao ecrã do computador.

 - A minha inteligência emocional ou lá o que é isto continua direitinha. Topei os funcionários à distancia.

 

Nota de rodapé: pode haver quem ache de mau tom, e não confirme o dinheiro. trocos, levantamentos, pagamentos. Eu era assim, ontem. Agora irei contar mesmo a frente. mais uma vez a cautela.

 

publicado por r__casimiro às 17:35

Feito isto já o meu depósito foi concluído, falta só assinar o talão e aparece o estafeta, todo a tremer e a gaguejar

 

"Desculpe, mas no talão diz levantamento de 1400 e aqui só tem 1300"

E o funcionário olha p mim com cara de mau, e olha p o estafeta e  diz-lhe "só um momento que já tratamos disso."

 

E eu vim embora, mas gostava de saber como se resolveu esta história.

publicado por r__casimiro às 17:32

Sou atendida pelo de 20 e tal. enquanto ele processa o deposito...

 

Observo o de 40 a deixar um papel em cima da secretaria do gerente.

O Sr que estava a ser atendido por este estava a reclamar qq coisa que não lhe davam o dinheiro, e ele tinha mais de 7000 euros na conta. e tinha BI, e a conta era dele, e tinha cheques, porque raio nao lhe davam o dinheiro!!! Este Sr pergunta ao funcionário que me estava a atender: Tem livro de reclamação? e este, diz-lhe com cara de poucos amigos, um seco: sim.

O gerente levanta-se

e esclarece:

"Sr. Doutor, queira desculpar a situação. o meu colega apenas limitou-se a seguir os procedimentos do banco. A sua conta está bloqueada. "

E aí o Sr. até aqui educado, exaltou-se e começou a rabujar num tom de voz suficientemente elevado p se notar que estava irritado, e insuficiente para ser considerado peixeirada.

"deixe-me explicar, sôr tor" "mas sô tor"" a sua esposa perdeu o BI em Dezembro não foi?"

 - o Sor tor: ""Sim, mas isso é atraso de mais de um mês no cartão do cidadão"

O Gerente: "A sua esposa através de um impresso, informou o banco que a sua identificação estava perdida, e o banco tomou a providencia de bloquear a conta"

"Mas, ... e agora como faço?" pergunta o Sôr Tor

" preenche um papel idêntico a desbloquear a conta"

"e o seu colega nao me disse isso porquê?"

" O meu colega não se lembrou de ir ver o motivo pelo qual a conta estava bloqueada...."

 

E lá está, veio confirmar aquilo que eu soube nos 1ºs 2 minutos.

O Funcionário de 40 e tal anos é incompetente!

 

 

 

 

 

publicado por r__casimiro às 17:18

ZZZzzz gggrrrrrfffrrrrrrr Reset

 

 

 

 

E observo, os funcionários:

 - um com uns 40 anos, atrás do balcão.

"Deve ser incompetente" 

"ninguem fica 20 anos da sua vida atras do balcão de um banco"

o Sr. olhava para o relógio e falava com um Sr. com uns 60 anos...

 

Observo o outro, com uns vinte e poucos:

"hum deve ser um recem licenciado de gestão"

"tem cara de borgas"

 - e nisto o gaijo está a aender um estafeta e olha para mim

continuo os meus pensamentos:

"aqui de gravatinha parecem todos iguais"

 

"tem ar de quem está a fazer frete"

e o funcionario olha p mim de novo, desta vez com um ar mais pesado...

"Realmente tenho juita sorte de estar bem empregada, e nao estar atras do balcão de um banco"


NR 125 balcão 5

 


 

publicado por r__casimiro às 17:12

Já dentro do Banco, tive de esperar muito, mas realmente muito tempo para ser atendida, e só tinha três, repito, três pessoas à minha frente, e dois Funcionários.

 

E com tanto tempo disponivel, começo nos meus filmes:

" Ai Isabel devias ter dado boleia ao Sr. Tadinho, isto ainda é uns esticão."

"Quando chegares a velha, quero ver se alguém te ajuda"

"vou voltar para trás e vou buscá-lo

"mas está quase na minha vez..."

"Isabel, nao penses mais nisso"

" que cena"

"deves ser a unica pessoa do mundo que se preocupa com estas m***"

"pensa noutra coisa"

 

ZZZzzz gggrrrrrfffrrrrrrr Reset

publicado por r__casimiro às 17:07

O meu coração disparou, tremi.... Eu fiquei sem saber o que responder, e no meio da falta de certeza que sempre me abala quando sou apanhada despercebida, respondo a gaguejar:

 - eu acho que é melhor não. O Português no meu melhor.

 

E segui caminho. E segui e segui e segui. E finalmente cheguei.

 

publicado por r__casimiro às 17:05

 

...Olhava para a mala. Olhava para mim e Olhava para a mala.

 

O Sr, com os olhos a lacrimejarem, diz-me que a CGD é sempre em frente.

E depois? pergunto eu.

O Sr. olha-me nos olhos, com ar de quem me dá o voto de confiança, meio incerto do que dizia, meio gágá diz-me: se quiser, eu também vou para lá, posso entrar e indicar-lhe o caminho.

publicado por r__casimiro às 17:03

E eis que numa zona apenas de prédios, sem uma única casa comercial, encontro um Sr. com muita idade.

Páro o carro. Abro o Vidro, e faço a minha pergunta.

O Sr. tremia muito, tinha uma idade realmente avançada.

E olhava para a minha mala, posicionada em cima do banco do pendura, ali a espera que algum dos meus informantes lhe desse um esticão, e a minha tarefa de me dirigir a um balcão para depositar dinheiro, deixasse de fazer sentido... O Sr. olhava para mim e olhava para a mala.

publicado por r__casimiro às 17:01

Em busca de um balcão da CGD nos Olivais, pergunto uma, pergunto duas.

 

Claro que aqui a je apenas conhecia o Olivais Shoping, mas de dizer que a localização que eu pretendia nada tem a ver com o shoping.

 

Ao Shopping? Bora é já ali.

Depositar dinheiro numa poupança: não sei onde fica....

 

publicado por r__casimiro às 16:59

 

 

"Sendo a velocidade da luz superior à velocidade do som, é natural que algumas pessoas pareçam brilhantes, até abrirem a boca"

publicado por r__casimiro às 16:38

Janeiro 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
15
16
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30
31


arquivos
Contador de Visitas
mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO